Preferimos viver perseguidos a esconder nossa fé, diz cristão da China“Nenhuma criança mais vai chorar nessa nação”, diz Damares Alves sobre combate à pedofilia

Damares Alves decidiu reagir de forma simples e objetiva às distorções criadas pela grande mídia sobre suas declarações e criou uma conta no Twitter, onde é possível falar diretamente ao eleitorado. A estreia aconteceu no último domingo, 13 de janeiro, e em apenas três dias ela já possui quase 62 mil seguidores.

Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves repete a estratégia do chefe, o presidente Jair Bolsonaro (PSL), que costuma usar o Twitter para comunicar decisões e também projetos de governo.

“Bem vindos ao meu twitter oficial! Qualquer outro perfil é fake, incluindo o @DamaresMinistra, que não tem qualquer relação comigo ou com o ministério. Peço, inclusive que me ajudem a denunciá-lo”, escreveu a pastora em sua primeira publicação.

No mesmo dia, reiterou que o Brasil vive uma “nova era” sob a administração Bolsonaro, e que o combate à exploração sexual infantil será uma das marcas de seu ministério: “Essa é uma nova era! Pedófilos, consumidores de pornografia infantil, traficantes e exploradores de crianças: acabou pra vocês! Bolsonaro é presidente e Moro é Ministro da Justiça!! Nenhuma criança mais vai chorar nessa nação. Não mediremos esforços para amá-las e protegê-las!”.

Já na última terça-feira, 15 de janeiro, a ministra Damares Alves repercutiu uma reportagem que adiantou planos do governo para identificar crianças com problemas de depressão: “O Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos e o Ministério da Educação estão juntos nessa luta! Esta é uma ação propositiva do Ministério, que tem um olhar de cuidado para as crianças do país. #InfânciaProtegida”.

https://twitter.com/twitter/statuses/1084893347293073408